English version
  • Breve história
  • + Breve história das publicações

    + 1a. Fase: dos primórdios até 1930

    + 2a. Fase: 1930 - 1970

    + 3a. Fase: 1970 - 2000

    + 4a. Fase: Século XXI

    - Considerações finais

    + Algumas estatísticas

     

  •  

  • Considerações finais

    Nesses cerca de 170 anos abarcados em nossa pesquisa enfocando as publicações de música sacra e religiosa brasileira dos séculos XVIII e XIX, pudemos levantar até o momento 600 obras publicadas. Ainda há obras para serem incluídas e há indícios de que a data inicial possa ainda ser recuada, se levarmos em conta a informação, ainda não verificada, de que Tristão José Ferreira (1793-?) teria publicado obras suas na década de 1830. Podemos constatar como o número de publicações foi crescendo no período. Na primeira fase (até 1930), tivemos cerca de 80 obras publicadas, estabelecendo uma média de cerca de 1,0 obras por ano; na segunda fase (1930 a 1970), diminuiu para 50 obras, aumentando, porém, a média para 1,3 por ano; na terceira fase (1970 a 2000), aumentou para 188 obras, com média aproximada de 6,3 por ano; na quarta fase (século XXI), 240 obras, com a média de cerca de 24 por ano. O panorama parece animador, mas não podemos esquecer a quantidade de obras que foram publicadas repetidamente, principalmente no âmbito da coleção Música Sacra Mineira. Além disso, pesa o fato de que a maioria esmagadora dessas obras publicadas é difícil de encontrar, mesmo muitas das mais recentes. Imaginemos a dificuldade muito maior com relação às obras publicadas na primeira fase. A saída são as bibliotecas e arquivos ou os sites que disponibilizam as publicações de alguma forma. Fica, ainda, a constatação da quantidade de obras ainda disponíveis nos arquivos brasileiros, à espera de serem publicadas, executadas, estudadas. Há uma grande carência de pesquisadores na área de musicologia histórica no Brasil e apenas alguns abnegados vêm se dedicando à tarefa de revelar o passado histórico musical brasileiro, em seus vários aspectos. O apoio financeiro para as publicações melhorou muito e as publicações on-line são uma forma de barateamento dos custos e uma eficiência maior no acesso às obras publicadas. A presente pesquisa, resultando num catálogo on-line, permitirá uma constante atualização dos dados, permitindo aos executantes e estudiosos, do Brasil e do exterior, o acesso permanente ao imenso e exuberante repertório da música sacra e religiosa brasileira do passado.

     

    Nossa pesquisa continua, garimpando em arquivos e bibliotecas as próprias publicações ou, pelo menos, indícios da existência delas, em catálogos, periódicos da época e outras fontes.

     

  © Carlos Alberto Figueiredo

www.000webhost.com